Problemas comportamentais são a causa das demissões 

 

Se você é empresário ou ocupa um cargo de liderança de equipe, já deve ter se perguntado por que “contrato pessoas com base em suas experiências e conhecimentos técnicos, e depois demito por problemas comportamentais?”. Não sei se essa notícia vai confortar você, mas o fato é que isso é muitíssimo comum de acontecer. E é justamente por isso que, nos processos de recrutamento e seleção nas empresas, cada vez mais se busca analisar o perfil comportamental dos candidatos, deixando o conhecimento técnico em segundo plano.

 

Alguns comportamentos que merecem a sua atenção

Todo líder deve ter muito cuidado para não rotular os seus liderados, evitando ao máximo os julgamentos. Contudo, me arrisco aqui hoje a fazer um rápido raio-x de alguns perfis comportamentais que provavelmente não darão certo no seu negócio:

 

1 – Não aceita crítica:

De difícil relacionamento, esse é o típico profissional que não evolui na carreira, pois não consegue se autoavaliar para reconhecer o que precisa melhorar e não aceita que alguém faça isso por ele. O problema é sempre com os outros, ele nunca erra (pelo menos no pensamento dele);

 

2 – O certinho individualista:

Tecnicamente, ele pode ser quase perfeito. É pontual e organizado, mas quando a equipe precisa do seu apoio, ele cai fora rapidinho. Em um mundo corporativo em que as tarefas são cada vez mais multifuncionais, o individualista pode atrapalhar o rendimento da equipe. Neste caso, o maior desafio do líder é encontrar a função adequada ao ser perfil;

 

3 – Propaganda enganosa:

É o típico colaborador que, na teoria, domina tudo, sabe todos os caminhos, é o cara, mas, na prática, entrega resultados muito abaixo dos seus discursos. A sua propaganda enganosa desmotiva quem fala menos e trabalha mais;

 

4 – “Sempre fiz assim, não vou mudar”

Na velocidade com que as coisas acontecem nos dias de hoje, não há mais espaço para quem não aceita as mudanças, para quem fica refém da sua zona de conforto. Há espaço, sim, para profissionais inovadores, que promovam o diferente, que sejam empreendedores e otimistas.

 

Capacidade de mudança

No Coaching, PNL e Consultoria, acreditamos que as pessoas podem mudar radicalmente. É muito difícil mudar o outro, mas cada um tem o potencial necessário para mudar a si próprio. Então, se você se identificou com um dos perfis acima, este é apenas o seu estado atual, você pode alcançar um estado desejado, com muita atitude, disciplina e mente aberta. Se você é gestor e identificou comportamentos assim na sua equipe, nem sempre a demissão é a melhor opção, às vezes uma simples mudança de função, uma transferência de unidade ou conversas de feedback podem ser a solução.

A vida é uma constante evolução.

Por Fabio de Oliveira

Posts que você pode gostar também:

× Como posso te ajudar?