Saber os números é o pré-requisito básico para administrar negócios em tempos “vacas gordas ou magras”, fartura ou escassez. Além de conhecer os números do seu negócio, você também deve saber interpretá-los, o que deve ser feito por você (dono do negócio) ou seu gestor financeiro.

Um princípio da Geração f5 é “O ser humano age pela dor ou pelo prazer”, assim, indiferente em que tempos seu negócio está passando, solicitar ajuda é fundamental, não espere agir pela dor, ou seja, em saber os números em um momento crítico. Entenda que o resultado é muito importante, ao mesmo tempo, não é fácil tirar o seu negócio do vermelho, mas não é impossível. Isso requer muita disciplina, planejamento e redução de custos. Acredite em nós: mesmo em momentos de vacas magras, você pode desenvolver seu negócio de várias maneiras. Apontar a culpa sem considerar a solução real não vai adiantar nada.

Importância do planejamento financeiro no seu negócio.
O plano financeiro da empresa inclui um conjunto de previsões de receitas e despesas que a organização terá num determinado período de tempo, podendo ainda ser utilizado para analisar cenários de funcionamento do negócio e utilizar as informações obtidas para traçar objetivos. Portanto, um dos principais motivos pelos quais o planejamento financeiro é importante é que ele permite que os empreendedores vejam claramente todas as transações financeiras que a empresa realizará em termos de receitas e despesas em um determinado período de tempo.

Esse ano, não esperamos esse cenário, e agora mais do que nunca o planejamento financeiro se torna uma das ferramentas mais eficientes na estratégia do seu negócio, caso essas projeções sejam utilizadas em paralelo com uma boa análise de mercado e sobre a experiência do consumidor, ao utilizar o produto ou serviço que a sua empresa oferece.

Com base nas receitas e despesas esperadas, você pode organizar padrões de cálculo, para que o seu negócio se desenvolva de forma sustentável, evitando o risco de dificuldades financeiras. Afinal, imprevistos podem acontecer, então você deve estar preparado. Além de verificar despesas que podem ser reduzidas ou eliminadas, também é vital gerenciar a receita de forma mais eficaz e entender quanto recursos são necessários para pagar impostos, salários, benefícios e outras despesas mensais.

Como isso pode ser feito?
A partir do momento em que você observar um possível aumento no fluxo de caixa, por exemplo, abre-se um leque de oportunidades para que investimentos sejam realizados com o objetivo de aperfeiçoar o bem-estar financeiro da empresa.

O que queremos dizer, atentos a esse cenário, é fundamental analisar melhor seus resultados para trazer objetivos financeiros mensuráveis, além de obter total controle sobre as entradas e saídas de capital para abordar o orçamento de forma muito mais ágil e dinâmica.

Em outras palavras, fazer um plano financeiro empresarial é uma das melhores formas de fazer negócios não só relacionados à manutenção, mas também relacionados ao desenvolvimento dos negócios.

Agora, se sua empresa está perdendo dinheiro, elaboramos alguns passos para você, assumir total responsabilidade e tomar medidas para superar esse momento.

Passo 1. Descubra o que fez sua empresa sair do caminho:

A situação atual nos surpreendeu, e agora você precisa fazer um bom diagnóstico para tomar as medidas certas. Faça uma avaliação aprofundada da situação financeira da sua empresa e planeje cuidadosamente: tudo o que entra e sai, quanto ou quanto resta é negativo.

Passo 2. Conecte seu time

O sucesso do seu negócio depende da sincronização/conexão do seu time, assim em tempos difíceis  essa integração precisa ser fortalecida. Todos precisam entender tudo o que está acontecendo e saber as perspectivas como fluxo de caixa, receitas e despesas.

Passo 3. Realize um corte de gastos
Após conectar o time, demos fazer o mapeamento e conhecer cada centavo da empresa, fale com o time, defina o que é prioridade e o que pode ser cortado o que não for realmente essencial para o negócio. Pequenos itens do dia a dia como copo descartável, papel e material de escritório precisam ser reduzidos.

Assim como contas fixas de telefone, água e energia, onde puder ter redução precisa ser feito! Alinhe tudo com a equipe todos precisam se conscientizar e passar a contribuir para enxugar as contas da empresa.

Passo 4. Construa metas inteligentes para esse momento
Não adianta ter um fluxo de caixa e fazer um planejamento orçamentário, se os números não são acompanhados. Por isso, marque reuniões periódicas para analisar e rever as metas. Se você é o único responsável por todo o controle financeiro então deve ter ainda mais atenção com o orçamento.

Passo 5. Reavalie produtos e serviços
Observe o consumidor. quando os recursos ficam mais enxutos, os clientes mudam seus hábitos de consumo, por isso, é importante identificar as novas demandas que o momento gera e reavaliar todas as soluções fornecidas pelo seu negócio. A questão é que a oferta deve ser reformulada com base na demanda, tendo como prioridade sempre os produtos e serviços de maior rentabilidade e melhor geração de caixa.

Passo 6. Prospecte novos clientes
Momentos de incertezas e consumidores com novos hábitos são desafiantes. Não é preciso realizar grandes investimentos de capital, porém é importante observar quais canais de vendas podemos utilizar ou até mesmo cria-los. As redes sociais são bons recursos, já pensou em uma live apresentando os produtos da sua loja, realizando um “feirão online”.

Passo 7. Tenha um plano B
Em cenários de extrema incertezas, antecipar-se aos momentos complexos é algo que exige uma estratégia que dê conta de possíveis impactos causados por questões externas. Digamos, por exemplo, que um determinado fornecedor que vende insumos a preços baixos pare de atuar. O que a empresa faria se ele deixasse de suprir as demandas?

É fundamental ter ao menos um plano B para cada área do seu negócio, pois isso ajuda a reduzir os prejuízos causados por uma possível crise financeira, ou no mínimo a evitar perdas expressivas. Fique sempre atento a isso e com certeza a empresa só crescerá.

Por fim, como você pode pensar em como superar a crise financeira do seu negócio, algumas medidas estratégicas e pontos importantes devem ser analisados ​​com atenção antes de começar a colocar o plano em prática. Estabelecer um plano financeiro consistente para a empresa é o primeiro passo para definir os parâmetros que toda a organização deve seguir.

Quer receber conteúdos exclusivos?















Entre em contato com os nossos consultores e entenda como potencializar os resultados de sua loja.

ENVIAR
close-link
× Como posso ajudar?